folia carnavalesca

Se eu não tivesse o que fazer, gastaria horas relembrando acontecimentos antigos, que se passaram há uma semana.
Se eu não tivesse inúmeras preocupações – de relés mortal que sou -, te juro, meu único pensamento seria você.
Se eu já não estivesse tão cansada, e pudesse erguer uma única pedra, construiria uma muralha em que meu coração só pra não te deixar entrar. Mas, você já entrou. Fez a festa, e ainda faz, sempre que vejo o seu sorriso e tudo aqui dentro fica meio bagunçado, estranho demais pra mim…
Se eu pudesse evitar a vontade que tenho de estar contigo a cada instante que os ponteiros do relógio insiste em percorrer incansavelmente aqueles números inconvenientes, tenha certeza, querido, de que eu não hesitaria. Mas, me sinto impotente! E essa calmaria que atracou em minha’lma já nem combina com o meu aparelho cardiovascular, que agora vive em disritmia… Alegre, em folia, ando me sentindo como se vivesse um eterno carnaval… E olhe que eu nunca gostei muito dessa festa, mas o beijo que você me deu, encheu meu coração de fantasias e fez o carnaval despertar mais cedo dentro de mim.

 

Imagem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s