roulette

Eu me justifico
com os argumentos mais impalpáveis que posso encontrar:
sentimentos, qualidades, seus defeitos…
Essas coisas invisíveis
que nos compõem
e sempre me perseguem
durante o balanço do dia.
Você me perguntou,
me questionou,
se seria verdade tudo o que eu te dizia.
Sim, senhor. São verdades.
São sonhos
que nascem, renascem e vão se moldando
com seus toques, com seus beijos,
com tudo o que você me diz
debaixo dos lençóis
ou em cima deles.
São verdades, senhor, feita de sonhos,
e sonhos são imortais.
Pelo menos, assim me disseram,
e eu acreditei,
de tal forma,
que apostei todas as minhas fichas
e não tive medo
quando, na mesa, os dados rolaram.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s