Terror noturno

A eternidade se prende a seis curtos minutos.
Quando o horror nos domina é assim:
o tempo passa com dureza.

Pior que a dureza do tempo, era a maciez
das mãos
que me prendiam, me agarravam.
Nada de bom pode vir de mãos fortes e macias.
Nada de bom.

Quando o horror nos domina é assim:
o belo cobre seu reflexo.

No suor matinal, tive certeza que a realidade
não fazia parte
do meu juízo perfeito.

Eu não tinha o juízo perfeito.
Quando o horror nos domina é assim…

Tenho que aprender a engolir meus medos.

Anúncios

2 opiniões sobre “Terror noturno

    • Oi, Emanuelly! Tudo bem?! Obrigada. Fiquei muito feliz com o comentário, é muito bom quando os textos causam esse momento de reflexão.
      Vou sim visitar o seu cantinho, agora te peço um pouquinho de paciência, pois estou sem internet em casa, mas logo será resolvido! Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s