Encruzilhada

Você não precisa dizer que sim.
Eu vejo que há um sim
por detrás
de
cada não.
Nessa tua linguagem frouxa
a coerência gira
em sentido anti-horário;
tudo depende do teu estado de espírito,
tudo depende da tua oposição ao divino:
de ponta cabeça.
E, ainda assim, são tuas
todas as minhas dúvidas.

Anúncios

buraco negro

Engraçado é
aquela vontade de rir
de pôr a mão no estômago
e coçar
coçar
coçar.
Quando por via das dúvidas
há a dúvida
quando um insetinho resolve
pousar atrás da ponta da orelha
sussurrando segredos que só o demônio
sabe
sussurando ideias que nem Deus sabe de onde vêm
esboçam aquela dúvida
e só sobrevive
em meio aos dedos comidos

Na cegueira da escuridão, na imensidão dessa esteira, 
vômito toda a incerteza e ainda
não quero acreditar:

– Mas, será?!